Apesar de existir há vários séculos, só há algumas décadas é que esta modificação corporal tem vindo a ser socialmente aceitável e praticada por muitos. Contudo, existem ainda muitos preconceitos e ideias erradas em relação às tatuagens.

O sangue funciona como um transportador de substâncias importantes para o funcionamento do nosso corpo. Como o sangue não pode ser produzido artificialmente, os hospitais e os doentes estão dependentes da disponibilidade dos dadores. Os dadores de sangue constituem-se, assim, como um elemento fulcral para salvar vidas.

Podem doar sangue todas as pessoas com boa saúde, hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 quilos e com mais de 18 anos A doação pode ser feita de quatro em quatro meses, no caso das mulheres, e de três em três, no caso dos homens.

Um dos maiores mitos criados à volta da doação de sangue está relacionado com as tatuagens e os piercings. Há uns anos, surgiram notícias que Cristiano Ronaldo não fazia qualquer tatuagem para poder doar sangue, o que levou muitas pessoas a crer que estas marcas impediam a doação.

Mas não é bem assim: se tem tatuagens ou piercings poderá doar sangue quatro meses depois de os fazer.

 

quem tem tatuagens pode doar sangue

 

O porquê do período de quarentena?

A medida é para evitar a transmissão de doenças, como hepatite, que possam ter sido contraídos pelo doador durante a realização do procedimento, o que colocaria em risco a saúde de pacientes que recebam o sangue contaminado.

Quer as tatuagens, como a maquilhagem definitiva ou os piercings, são procedimentos que são realizados com agulhas, e o problema é que quando vai dar sangue, a entidade que recolhe o sangue não tem forma de saber se esses procedimentos foram realizados de acordo com as normas de desinfecção e com material (por exemplo: agulhas) estéril e de utilização única, ou seja, isentas de qualquer microrganismo e nunca usadas previamente noutra pessoa.

A forma correta de executar esses procedimentos é com agulhas esterilizadas e descartáveis, nunca usadas em mais do que uma pessoa, de forma a evitar contrair uma doença transmissível pelo sangue de outra pessoa.

O prazo de 4 meses após tatuagem, maquilhagem definitiva ou piercings, foi definido para garantir que o doador não foi exposto a nenhum microrganismo e que o futuro receptor daquele sangue também não será exposto.

 

A sociedade e as tatuagens

É um facto inegável que as tatuagens hoje em dia são aceites pela sociedade de forma bastante aberta. No entanto existem empregos que dificilmente conseguirá se tiver uma tatuagem à vista, pelo que se procura um destes empregos, normalmente onde usa vestuário formal e onde a apresentação é um factor importante, o ideal é fazer a tatuagem numa parte do corpo que ficará coberta pela roupa.

Lembre-se que nem todos podem estar tão abertos à ideia de uma tatuagem, e não deve deixar que isso prejudique o seu futuro profissional.

 

Space Tatooo — Tatuagens, Piercing e Implantes em Lisboa
R. de Matarraque 390, 2785–694 Cascais
Tel. 965 646 471

0 90